Logo Bulk Services

Segmentação de público-alvo: como fazer no WhatsApp marketing?

por BulkServices



Diante do sucesso do Whatsapp, surgiram várias possibilidades de novos negócios que tornaram o aplicativo uma ferramenta de marketing promissora. Nesse contexto, não podemos esquecer que conhecer bem o cliente é essencial para o sucesso de qualquer campanha — e é aí que entra a segmentação de público-alvo.

Mas afinal, será que é necessário segmentar no Whatsapp? É o que vamos ver a seguir. Acompanhe!

A importância da segmentação de público-alvo no Whatsapp

O Whatsapp é um dos aplicativos mais populares da atualidade, com cerca de 1 bilhão de usuários no mundo, dos quais 100 milhões encontram-se no Brasil. O principal atrativo é a sua praticidade, que proporciona rapidez e versatilidade aos seus usuários.

Além disso, vale lembrar que a segmentação de público-alvo é imprescindível para qualquer negócio. Nesse sentido, um erro comum em muitas empresas é pensar em segmentação apenas na hora de começar alguma campanha de marketing. O ideal é segmentar desde do início, ou seja, na escolha da área de atuação da organização.

Quando se trata de marketing, a segmentação no Whatsapp deve estar de acordo com a estratégia do negócio para que possa alcançar a pessoa certa, na hora certa. Além disso, é fundamental oferecer conteúdo relevante, que gere valor para seu cliente na hora do recebimento da mensagem, de maneira mais profissional possível.

No entanto, é preciso conhecer bem o seu público antes de qualquer ação desse tipo. É interessante saber o perfil, faixa etária, sexo, onde mora, profissão, preferências, desejos e necessidades. Ao entender com profundidade quem são seus clientes e potenciais clientes, torna-se mais fácil definir a melhor forma de abordá-los.

Lembre-se de que levar a mensagem certa ao cliente é fundamental para transformar leads em conversões. Caso contrário, a abordagem pode ser considerada invasiva e inconveniente, podendo até mesmo deixar a empresa com uma péssima imagem.

Mantenha uma base de dados sólida

Uma base de dados segmentada é fundamental para o sucesso de qualquer campanha de marketing.

Com todas as informações básicas coletadas da base de dados (uma planilha do Excel, que seja) a próxima etapa é a criação da campanha ou conteúdo direcionado para cada perfil de consumidor, considerando as características de cada grupo selecionado e desenvolvendo conteúdo específico para essa pessoas.

Por fim, ficar atento ao feedback dos consumidores é essencial para saber os acertos e corrigir os erros, levando a um conhecimento mais apurado dos clientes e, posteriormente, à criação de campanhas e conteúdos mais assertivos para seu público-alvo.

Ótima opção para empreendedores

Aos empreendedores que estão no mercado a pouco tempo e ainda estão conquistando a confiança dos seus clientes, o Whatsapp pode ser uma ferramenta para interação com os consumidores, capaz de potencializar a fidelização.

Lembre-se de que é fundamental manter o cuidado para não inundar os clientes com propagandas em excesso. Além disso, o ideal é compartilhar conteúdo original, que agregue valor e conhecimento a quem está recebendo.

Uma das maiores vantagens é a variedade de formato de mensagens que o Whatsapp possibilita como fotos, vídeos, textos, links externos etc. Diferenciando-se das simples mensagens SMS, que possuem caracteres limitados (1000) e são restritas apenas a textos.

Enfim, o Whatsapp é apenas mais uma ferramenta de marketing e interação com clientes que, quando usada de maneira estratégica e com a segmentação de público-alvo bem definida, pode ajudar na obtenção de ótimos resultados junto aos clientes.

Aliado a outras estratégias de marketing de conteúdo e utilizando outros canais como o Facebook, e-mail etc, certamente trará o retorno esperado.

Gostou de saber mais sobre como fazer segmentação de público-alvo no WhatsApp marketing? Se você achou este artigo útil, deixe sua opinião nos comentários!

Comentários

Comentários