Logo Bulk Services

Como utilizar o WhatsApp no mercado imobiliário

A cada dia mais as pessoas utilizam o WhatsApp para conversar e trocar informações. Atualmente, todos os usuários mantêm-se conectados ao aplicativo de troca de mensagens, por isso pode-se dizer que o aplicativo é também uma excelente ferramenta para o meio corporativo. O mercado imobiliário não fica de fora dessa tendência mundial de utilizar o app para relacionamento com os clientes e auxílio nas vendas. O WhatsApp é uma ferramenta que permite vários benefícios aos corretores e gestores de imobiliárias, auxiliando bastante nos mas diversos processos. Quer aprender como utilizar o WhatsApp no mercado imobiliário para melhorar as vendas? Então confira a seguir! Mantendo um canal de relacionamento com os clientes Quase todas as pessoas utilizam o aplicativo para conversar e trocar informações. Desta forma, é essencial que as imobiliárias utilizem o WhatsApp de forma a melhorar a comunicação com o cliente, mantendo a empresa mais próxima do público e ajudando os clientes a esclarecerem diversas dúvidas. O uso do WhatsApp no mercado imobiliário para manter melhor relacionamento com o público ajuda a tornar os clientes fiéis ao negócio e até mesmo induzi-los a indicar a empresa para amigos e parentes. Sugestões, reclamações e dúvidas Adquirir um número exclusivo para escutar os clientes e atender as dúvidas e reclamações é um dos principais usos do WhatsApp no mercado imobiliário. A criação de um canal

Leia mais

Como escolher a audiência para a estratégia de disparo em massa

Uma empresa que realiza estratégias de disparo em massa para um grande número de pessoas não tem como garantir que a campanha será efetiva. Por exemplo, se uma instituição manda uma mensagem via WhatsApp para todos os seus clientes informando que está com uma promoção no setor de perfumes masculinos, nem todos se interessarão pelo recado. Por essa razão, é importante que a marca segmente suas campanhas, ou seja, escolha para quem determinada informação será enviada. Assim, a estratégia pode ter mais chances de obter os resultados esperados. Pensando nisso, separamos aqui 5 critérios que podem auxiliar na escolha de audiência para disparo em massa! 1.Idade Separar a audiência por idade pode fazer muita diferença em uma estratégia. Geralmente, um público de 12 a 17 anos terá interesses em assuntos diferentes do que um público de 60 a 65 anos. O lançamento de um livro infanto-juvenil, por exemplo, pode chamar a atenção dos adolescentes mas não a dos idosos. Sendo assim, a idade ajuda a reunir pessoas que possam se entusiasmar com os mesmos temas.  2. Gênero Alguns produtos são dirigidos para um tipo de gênero, como absorventes ou loções pós-barba. Se a sua empresa trabalha com esses tipos de mercadoria é fundamental que se faça uma lista separada. Assim, quando houver promoções de produtos voltados para um único público, a empresa poderá

Leia mais

Como aproveitar as novas práticas de marketing?

Graças à evolução da tecnologia e suas ferramentas, o mercado passa por mudanças rápidas e constantes. Diversas estratégias são criadas com o intuito de vender mais e manter o fluxo de clientes. Em momentos de crise, é preciso investir em novas práticas de marketing para que a empresa continue lucrando mesmo em situações adversas. O setor de marketing é o que mais evoluiu com a chegada da internet. Por isso, os profissionais dessa área precisam se atualizar e conhecer o que há de novo no mercado para incrementar o rol de estratégias para sua organização. No conteúdo a seguir, falaremos sobre algumas estratégias e como elas poderão ser implementas em sua empresa. Confira: 1. Inbound Marketing Também conhecido como Marketing de Conteúdo, o Inbound é uma prática que vem crescendo bastante entre as PME. A estratégia consiste em atrair público qualificado para seus canais de venda, por meio de conteúdo rico em formato de blog posts, e-books, vídeos e outros materiais que sejam do interesse do público-alvo da empresa. É uma prática que dá certo, mas que requer planejamento. Para funcionar, será preciso conhecer bem o mercado e o seu público. O lado bom é que o investimento é bem baixo, principalmente levando em consideração o lucro que pode ser obtido. 2. Disparo em massa Você sabia que o Brasil

Leia mais

Confira como ser um empreendedor inovador

A inovação é sempre uma alternativa na hora de dar aquele upgrade na comunicação interna, no relacionamento com os clientes e, consequentemente, nas vendas. Porém, nada acontece por acaso como em um passe de mágica, mas, ao contrário, antes de transformar a empresa, é preciso se tornar um empreendedor inovador. Trata-se de uma habilidade aprendida e que deve ser aprimorada todos os dias, pois, somente assim, é possível se manter em alta no mercado. E você sabe como se tornar um empreendedor inovador? Confira o post que preparamos e descubra! As principais características de um empreendedor inovador É criativo Não se trata de uma pessoa que nasceu com algum talento acima da média, mas de um empreendedor que coloca a criação em primeiro lugar. E para isso, é necessário se tornar observador, ter uma grande capacidade de realizar associações, questionar, ter um vasto networking e, por fim, experimentar. Dessa forma, ao ter elementos que elevem o poder criativo, ele coloca em prática o aprendizado para testar o que dá certo na prática. Tem visão sistêmica Para inovar é preciso pensar grande e analisar o todo. Esse processo possibilita o entendimento de que uma ação leva a outra e os resultados acontecem de acordo com essa ramificação de ações. Tem objetivos claros Somente é possível ser inovador naquilo que acredita. Assim,

Leia mais

Professores: confira como usar o WhatsApp marketing na educação

Ele é o aplicativo de mensagens mais popular do mundo. De acordo com dados recentes, abrange 120 milhões de pessoas no Brasil, o que corresponde a 10% do total de usuários em todo o mundo. Sim, nós estamos falando sobre o WhatsApp. Muito além do entretenimento, a pluralidade dos recursos integrados a essa ferramenta permite que ela seja utilizada para muitas outras finalidades, inclusive na sala de aula. Se você é professor, fique atento: nesse post, nós apresentaremos algumas sugestões de como utilizar o WhatsApp na educação. E como será possível constatar seguindo a leitura, as possibilidades são inúmeras. 1. Crie grupos para cada turma Atentos aos benefícios oriundos da evolução das mídias e da comunicação, é crescente o número de professores que ensejam ampliar o contato com os estudantes para além dos momentos em que estão juntos em sala. Nesse contexto, a incorporação dos recursos tecnológicos à dinâmica de ensino-aprendizagem é praticamente irreversível. Como parte dessa estratégia, o WhatsApp ajuda a alcançar esse objetivo. Esta também é uma boa estratégia para quem ministra aulas particulares. O primeiro passo é criar grupos. Recomenda-se, como critério, utilizar a divisão por turmas, ou seja, para cada classe ou disciplina que você leciona deve haver um ambiente exclusivo para interação. 2. Estimule, mas modere discussões Dando prosseguimento à estratégia de incorporação do WhatsApp

Leia mais