Logo BULK Services

Propaganda eleitoral na internet: como se destacar?

por BulkServices



As eleições de 2018 se aproximam e é por isso que muitos pré-candidatos já estão pensando em como fazer propaganda eleitoral na internet. Afinal, partidos menores têm menos tempo para manifestar as suas ideias no horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão, sendo a publicidade na web uma boa forma de angariar eleitores.

Mas como é possível se destacar em meio a tantos conteúdos que as pessoas recebem diariamente pela internet? Existe alguma regra para que os pré-candidatos estejam atentos? Todas essas questões serão respondidas nos tópicos a seguir!

Ficou interessado no assunto? Então siga conosco e saiba como receber uma votação expressiva no pleito de outubro.

Quais são as regras que regulamentam a propaganda eleitoral na internet?

Em outubro de 2017, o presidente Michel Temer sancionou a Lei nº 13.488, que trouxe várias modificações nas normas para a propaganda eleitoral. Entre as alterações realizadas, estão novas regras para a publicidade na internet.

Nas eleições de outubro, será permitido, por exemplo, que os candidatos aos cargos públicos impulsionem o conteúdo publicado em suas redes sociais, desde que os valores pagos sejam declarados no Portal da Transparência.

Os posts podem ser impulsionados apenas até a meia-noite do dia anterior às eleições. No dia que as pessoas saem para votar, as publicações patrocinadas caracterizarão crime eleitoral, assim como ocorre com a boca de urna, por exemplo.

Isso não quer dizer que os posts das redes sociais dos candidatos precisem ser excluídos no dia das eleições; eles apenas não podem mais ser impulsionados.

Como definir uma estratégia para desenvolver propaganda na internet?

Para conquistar a atenção dos eleitores, é necessário agir estrategicamente na criação de conteúdo que vá ao encontro daquilo que as pessoas esperam. Por isso, é preciso fazer um planejamento estratégico de campanha.

Você não vai agradar a todos, isso é fato. Por isso, convém entender o que um determinado nicho de público pretende de um deputado, senador, governador ou presidente da república e defender essas bandeiras.

Também é importante estudar e compreender esse público, buscando saber que tipo de mídia eles acessam na internet. Eles são usuários assíduos do Facebook? Gostariam de receber mensagens pelo WhatsApp? Tudo isso precisa ser sempre levado em consideração. 

Como criar conteúdo persuasivo e que alcance os eleitores de forma efetiva?

O Brasil se recupera de uma das maiores crises política e financeira da história e as pessoas estão interessadas em soluções para resolver os problemas gerados por essa situação. Portanto, é necessário ser propositivo, dizer quais são as ações que pretende realizar, se eleito, para resolver os problemas do estado ou país.

Esse conteúdo pode ser textual, em vídeo, por meio de infográficos, entre outros formatos. Além disso, ele precisa ser atrativo visualmente, com a escrita correta e um design diferenciado.

Dessa forma, a militância do seu partido e demais interessados pelas suas propostas terão mais interesse em compartilhar o seu conteúdo e assim alcançar mais pessoas de forma orgânica, levando suas ideias para outros eleitores.

No de caso de você obter a permissão dos seus possíveis eleitores para enviar mensagens pelo WhatsApp, também pode apostar no envio de textos, áudio e vídeos com as suas propostas, com a finalidade de gerar aquilo que no marketing chamamos de lead, ou seja, pessoas que podem se interessar em votar nas suas propostas.

E então, gostou das nossas dicas de como se destacar fazendo propaganda eleitoral na internet? Então basta colocar todos esses seus conhecimentos em prática!

Quer receber mais conteúdo como este em seu e-mail? Então assine a nossa newsletter! Temos certeza de que você se interessará pelos nossos materiais.

Comentários

Comentários